oxi industrial.jpg

Oxigênio Líquido Refrigerado (O2)

Especificações técnicas

Nº ONU: 1073

Dados Técnicos do Produto

Propriedades:

Gás liquefeito, incolor, altamente oxidante, sob pressões, extremamente frio. Jamais permita contato de óleo, graxa ou outros combustíveis, diretamente com o oxigênio puro ou em equipamento associado, pois forma mistura explosiva.

Peso molecular: 32,00 g/mol

Densidade relativa: 1,105 a 21 °C (ar=1)

Temperatura crítica: -118,4 °C

Pressão Crítica: 51,82 kgf/cm2 abs.

Volume específico: 0,76 m3/kg

Ponto de ebulição: -182,9 °C

Ponto de congelamento: -218,8 °C

Massa Específica a 20 °C e 1 atm: 1141 kgf/m3

Características:

Risco principal: alimenta o fogo e pode causar queimaduras por congelamento.

Toxidez: altas concentrações podem causar irritação pulmonar.

Potencial de inflamabilidade: altamente oxidante.

Odor: inodoro.

Cor: incolor.

Efeitos:

• Exposições ao produto na forma gasosa a altas concentrações podem causar hiperóxia;

• Não carcinogênico;

• Não causa efeitos ao meio ambiente, pois se trata de um constituinte natural do ar atmosférico;

• A combustão é rapidamente acelerada pelo oxigênio.

Exposições e primeiros-socorros

Características de risco

A exposição do indivíduo a concentrações de oxigênio maiores que 75% à pressão normal, pode causar sintomas de hiperóxia: tontura, náuseas, irritabilidade, câimbras, dor de cabeça, perda de reflexos, hipotermia, alteração auditiva, dificuldades na respiração, redução de batimentos cardíacos, perda de consciência e convulsões que podem levar a morte. Ao se respirar oxigênio puro, pode-se ter danos aos pulmões e sistema nervoso central

Exposições ao Oxigênio a altas concentrações podem provocar danos na retina.

O contato com o líquido pode causar severo congelamento e queimaduras na pela.

Primeiros-socorros:

Levar o indivíduo a um local arejado, caso tenha tido inalação moderada. Em caso de parada respiratória, proceder com respiração artificial ou boca-a-boca; consultar um médico, se houver dificuldade para respirar, fazê-lo imediatamente.

Se houver contato com os olhos, lavar abundantemente com água e retirar lentes de contato, se for o caso. Consultar um médico.

Quando em contato com a pele remova as roupas ;banhe-se em água morna (40 ºC) e procure um médico.

Equipamentos de Proteção Individual:

• Óculos e calçados de segurança;

• Roupas de algodão;

• Luvas de acordo com a tarefa.

Combate a incêndios:

O oxigênio é um agente altamente oxidante e acelera vigorosamente a combustão.

Em caso de incêndio, retire todo o pessoal do local. Resfrie os recipientes com jatos de água a uma distância segura e protegido atrás de paredes. No caso de incidência de chamas, não se aproxime do cilindro, há risco de explosão. No caso de cilindros aquecidos, contatar os bombeiros, pois há risco de explosão, resfriar os cilindros por 24 horas, sempre protegido por EPI’s e a uma distância segura.

Remova os recipientes para longe da área de fogo, pois podem se romper devido ao calor. Os recipientes possuem dispositivo de alívio de pressão que libera a sobre-pressão do conteúdo em caso de exposição a altas temperaturas.

Controle de vazamentos:

No caso de vazamento, retirar todo o pessoal do local e interromper o vazamento, se essa medida não apresentar risco. Retire do recinto materiais inflamáveis e fontes de ignição, interrompa a energia elétrica e desligue fontes geradoras de faíscas

Antes de permitir a entrada do pessoal ao local, verificar se o local foi bem ventilado e se há oxigenação suficiente.

Manuseio e Armazenamento

Manuseio:

• Não encoste em válvulas ou tubos por onde passem líquidos criogênicos;

• Não arraste ou deixe cair o recipiente;

• Utilize tubulações projetadas para suportar a pressão de trabalho;

• Não utilize metais como o aço carbono, pois quebram facilmente a baixas temperaturas;

• Manusear em locais abertos e bem ventilados;

• Nunca tentar desentupir bicos, válvulas, tubulações e conexões com a boca;

• Evitar danos aos recipientes por pancadas mecânicas e movimentá-los sempre no carrinho adequado, sem rolar;

• Sempre utilizar EPI’s.

Armazenamento:

• Armazenar em locais ventilados, longe de combustíveis, fontes de calor e de pouca movimentação de pessoas;

• Separar cilindros cheios dos vazios;

• Evitar danos físicos aos recipientes;

• Evitar locais úmidos;

• Evitar fontes de calor próximas ao local de armazenamento;

• Não permitir que a temperatura ambiente passe de 52 °C;

• Os recipientes devem ser cheios em locais adequados e por pessoas qualificadas;

• Devem ser transportados em veículos adequados, sempre na posição vertical, nunca em porta-malas de veículos.

Aplicações

• Utilizado como oxidante, devido sua elevada eletronegatividade;

• Nos motores de propulsão dos foguetes, usado como comburente;

• Utilizado na soldagem de metais;

• Fabricação de aço e metanol;

• Na área medicinal, é utilizado como suplemento em pacientes com dificuldades respiratórias;

É engarrafado para ser respirado em diversas práticas esportivas, como o mergulho ou em atividades profissionais para acessar locais de pouca ou nenhuma ventilação em atmosferas contaminadas